Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Devaneios Menstruados

Tudo o que aqui escrevo é real, por vezes um pouco exacerbado, outras vezes floreado. São os meus devaneios menstruados, as minhas histórias de vida, o emaranhado de cabos que forma a minha mente!

Tudo o que aqui escrevo é real, por vezes um pouco exacerbado, outras vezes floreado. São os meus devaneios menstruados, as minhas histórias de vida, o emaranhado de cabos que forma a minha mente!

... Merda!

Acabas de pintar o teu quarto de vermelho, vermelho sangue! Claro que pintas de vermelho… É um quarto!

Toca o telefone…

Infelizmente tens de ir ter com um familiar ao Hospital de Santa Maria. Tomas um duche a correr, não comes e fumas dez cigarros. Entras no carro e está na reserva… Para variar! Carregas no acelerador, páras na bomba e abasteces. Segues! Chegas ao Hospital e a sala de espera está quente, mas quente. Ar Condicionado avariado, pessoas doentes, caos instalado. Quando achas que nada pode piorar, ouves:

─ Aiiiiiiii que me esfolei!

Olhas e começas a ver sangue… MUITO sangue! A senhora, na casa dos setenta anos, levanta a perna direita das calças e tem um naco de carne pendurada. Não se esfolou… Cortou-se numa cadeira de rodas!

Tentas manter a calma, vais ter com o segurança, pedes ajuda e levas com a tal resposta:

─ Traga a senhora para dentro.

─ Eu?

Reages e barafustas! A situação começa a descontrolar-se à mesma velocidade que o teu cérebro assimila a confusão. Alguém leva a senhora, olhas para o chão e vês a poça de sangue…

Suores, muitos suores… Apitos nos ouvidos e